Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Arbitragens desastrosas e EUA fora da final em casa

Arbitragens desastrosas e EUA fora da final em casa

jamaica EUA

Esta madrugada assistimos às meias-finais da Gold Cup, competição continental da CONCACAF que engloba América Central, América do Norte e Caraíbas. Os EUA, equipa da casa defrontaram a Jamaica e perderam por 2-1, o mesmo resultado que leva o México à final, após confronto com o Panamá.

A equipa dos EUA de Jürgen Klinsmann entrou forte e a pressionar mas a defesa jamaicana foi aguentando até que o impensável aconteceu. Em 5 minutos, a turma do alemão Winfried Schäfer marcou dois golos, o primeiro por Mattocks de cabeça após lançamento lateral longo e o segundo de livre direito cobrado eximiamente por Barnes.

Michael Bradley viria a reduzir logo no início do segundo tempo após defesa para a frente do guarda-redes jamaicano mas nem a incompetência do árbitro, que começou a apitar quase tudo a favor dos EUA, levou a que conseguissem o segundo golo que daria a possibilidade de discutir prolongamento. Equipa da casa fora da competição e a Jamaica vai disputar a final pela primeira vez na sua história.

Na outra meia final, o México recebeu o outsider Panamá que esteve na final de 2013 e o jogo não foi nada fácil para os favoritos mexicanos. Aos 25 minutos o jogador panamenho Tejeda foi expulso por presumivelmente ter agredido Francisco Rodríguez, o que foi uma má decisão do árbitro (parece ter sido lance involuntário). Mesmo com 10 o Panamá não desistiu e aos 57 minutos abriu o marcador por Roman Torres e deixou no ar a hipótese de uma final completamente inesperada.

Aos 89, o árbitro norte-americano volta a entrar em ação e decide marcar uma grande penalidade na área panamenha por falta de Alberto Quintero. Seguiu-se um rol de protestos e só 10 minutos depois Guardado foi chamado a converter. O jogador do PSV Eindhoven não desperdiçou e a partida seguiu para prolongamento. Com os jogadores do Panamá desorientados com as decisões do árbitro, o prolongamento foi mais complicado de aguentar e aos 105 minutos foi assinalada nova grande penalidade, desta feita por falta clara de Roman Torres e Guardado bisou na partida, fazendo o resultado final.

O jogo da atribuição de terceiro e quarto lugar é disputado no próximo sábado às 21h00 entre EUA e Panamá e a final será na madrugada de domingo para segunda-feira, às 00h30 entre Jamaica e México.

Comentar