Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Ataque à liderança

Ataque à liderança

O Benfica assume a liderança, o Feirense vence no Bessa, Sporting perde a liderança após perder em Vila do Conde por três bolas a uma, Porto empata em Tondela entre outros vários resultados, mas já lá vamos.

NACIONAL 2-0 MARÍTIMO 

A quinta jornada começou na sexta-feira com umm dérbi regional, o Nacional recebeu e bateu o Marítimo por duas bolas a zero! Por volta do minuto 31, Tiago Rodrigues colocou na área, Samuel Santos afastou mal para a zona de Agra. O extremo improvisou e fez mesmo um remate de bicicleta que sobrevoou Gottardi e só parou no fundo da baliza. O jogo ficou partido, com o Nacional a dispor de muito espaço para contra-atacar mas a decidir quase sempre mal no último passe. O Marítimo perdeu um pouco o discernimento com tantos jogadores na frente, já que também tinha menos bola, porque o meio-campo deixou de existir. No quinto dos seis minutos de desconto, Bonilla fez o 2-0 num lance de contra-ataque, a passe de Agra.

ESTORIL 2-0 MOREIRENSE 

A equipa de Moreira de Cónegos deslocou-se ao Estádio Coimbra da Mota para tentar roubar pontos à equipa da casa mas não. Dois golos do brasileiro Matheus Índio, o segundo de canto direto, valeram hoje ao Estoril-Praia a sua primeira vítoria na LIGA NOS. Matheus Índio marcou aos 10 e 80 minutos, permitindo aos ‘canarinhos’ igualar o seu adversário no 12.º posto, com quatro pontos.

VITÓRIA DE SETÚBAL 1-4 PAÇOS DE FERREIRA  

O Paços de Ferreira acabou com a invencibilidade do Vitória de Setúbal, que ambicionava ser segundo à condição (caso os outros resultados ajudassem), ao vencer no Bonfim por 4-1, em encontro da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol.‘Bis’ de Ricardo Valente (4′ e 75′) e do brasileiro Welthon (38′ e 40′) selaram o primeiro triunfo da formação de Carlos Pinto, que passou a somar cinco pontos e afastou-se dos últimos lugares, subindo ao 11.º posto.Por seu lado, Vasco Fernandes marcou, aos 22′, o tento solitário dos sadinos, que sofreram o primeiro desaire, após duas vitórias e dois empates, e falharam a subida ao segundo posto, mantendo-se no quinto, com oito.

VITÓRIA DE GUIMARÃES 1-1 BELENENSES 

A qualidade do V. Guimarães e a organização do Belenenses empataram-se no D. Afonso Henriques, com os dois emblemas a empatar a uma bola em jogo da quinta jornada da Liga. O Vitória voltou a mostrar momentos de futebol vistoso e dispôs de várias oportunidades para fazer mais golos, mas não conseguiu matar o jogo e ficou à mercê de um Belenenses astuto. Por volta do minuto 13, Hernâni, em estreia neste regresso à Cidade Berço, serviu deliciosamente Marega  que acabou por picar a bola sobre Ventura, abrindo o ativo com um golo de grande classe.
A igualdade que aconteceu mesmo a um quarto de hora do fim na sequência de um pontapé de canto em que Palhinha apareceu no coração da área a marcar.

BOAVISTA 1-2 FEIRENSE

Um jogo imprópio para cardíacos. Há jogos que nem o melhor adepto de futebol conseguia imaginar e planear. O Feirense foi ao Bessa vencer por 2-1 com Vítor Bruno a mudar o resultado final já nos descontos,  de livre direto, mas o grande protagonista da partida foi mesmo Lucas.

AROUCA 0-1 DESPORTIVO DE CHAVES

O Desp. Chaves conquistou, no terreno do Arouca, a segunda vitória da época. Com a estratégia bem desenhada por Jorge Simão, os flavienses foram inteligentes a controlar o jogo, a fechar os caminhos para a sua baliza e a sair em velocidade, tentando apanhar a equipa da casa desorganizada. A equipa de Lito Vidigal, num jogo de pouco fulgor e bem longe do nível exibicional da época transata, demonstrou-se sempre incapaz criar lances de perigo em bola corrida e acabou por esbarrar quase sempre na muralha transmontana.
Fábio Martins tentou sacudir a apatia que tomou conta da partida num pontapé sem preparação que por pouco não surpreendeu o dono da baliza arouquense. Quatro minutos depois, o extremo formado no FC Porto cruzou largo ao segundo poste ao qual Perdigão respondeu afirmativamente, aproveitando a desconcentração de Rafael Bracali, para dar vantagem justa à equipa do Chaves!

TONDELA 0-0 FC PORTO 

Porto desloca-se a Tondela para tentar vencer a equipa da casa, o ano passado perdeu naquele mesmo estádio por uma bola a uma, este ano, empatou, mas continuou a perder pontos. A tática pensada por Nuno não foi passada nos testes do controlo. 4x4x2 a lembrar outros tempos, experiência a pensar na potência e efetividade de um futebol direto mal executado e mal gerido durante 90 minutos.
Dois pontas de lança em dia não – André Silva terrivelmente desinspirado, Depoitre uma verdadeira nulidade -, dois alas que não chegam uma vez à linha de fundo e não fazem um cruzamento (o que seria um dos princípios fundamentais desta experiência falhada de Nuno).

RIO AVE 3-1 SPORTING 

 Foi uma noite muito desinspirada para a equipa de Jorge Jesus, depois da ‘gloriosa derrota’ em Madrid, a equipa leonina vai jogar a Vila do Conde! Mal de uns, sorte de outros, o Rio Ave aguentou o jogo meia hora, começou a ganhar a bola ao rival no quarto de hora seguinte e controlou depois. 3-1 foi o resultado. Tarantini, Gil Dias e Guedes fizeram os golos da equipa da casa, Bas Dost, o reforço, fez o golo da equipa comandada por Jorge Jesus!

BENFICA 3-1 SC BRAGA

Segundo jogo entre estes duas equipas, segunda vitória do Benfica, mais uma vez o Benfica aplica três golos no Braga, num jogo onde houve um “hino ao futebol”, poderemos considerar este jogo, o melhor jogo da jornada!
Objetivo do Braga era igual ao do Benfica, aproveitar a queda do Sporting e um deles subir para primeiro lugar!
Mitroglou por duas vezes e Pizzi fizeram os golos para a equipa de Lisboa, Rosic já nos últimos minutos reduz para 3-1, mas já não alterando em nada o resultado final desta partida, o Benfica assumia assim a liderança da Liga NOS à quinta jornada!

 600

Comentar