Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Barça sofre mas ultrapassa “muro” chamado Diego Alves — Valência 2-3 Barcelona

Barça sofre mas ultrapassa “muro” chamado Diego Alves — Valência 2-3 Barcelona

Esta tarde, no Mestalla, ocorreu um excelente jogo de futebol, com o Barcelona a vencer por 2-3 o Valência. Vitória arrancada a “ferros” pelos catalães com uma arbitragem muito contestada pelos homens da casa.

As equipas apresentaram o melhor onze possível. O Barcelona com problemas na defesa, sem Piqué e Alba de fora por lesão, jogou Umtiti e Digne nos seus lugares, destacar também o português André Gomes de início. O Valência voltava apostar em Cancelo como médio direito e Nani na esquerda.

Primeira parte que foi completamente dominada pela equipa visitante, sempre com mais bola e tentar quebrar a paciência de defensiva dos homens de Prandelli, o famoso trio MSN foi sempre um quebra cabeças para a defesa da casa. Aos 22 minutos, acabou a resistência dos homens da casa, Messi numa boa jogada com Suárez, na entrada da área, dispara forte colocado junto ao poste esquerdo, 1-o.

d9817be4116b7d6fc22193937f836510_crop_north

Só dava Barça, qiue em 5 minutos criou duas excelente oportunidades para fazer golo. Primeiro Messi, recebe um passe já dentro da área, remata forte e colocado, mas estava lá Diego Alves. De seguida apareceu Suárez, isolado perante o guardião brasileiro, a permitir a defesa. O Valência não conseguia impor o seu jogo e os seus contra-ataques, os homens de Luis Enrique dominavam por completo o encontro.

Mais Barça, mais Diego Alves, grande lance de Luis Suárez, a dominar bem o esférico já no interior da área, remata forte e rasteiro mas o guarda-redes valenciano estava lá outra vez, que excelente exibição, ia adiando o avolumar do marcador. Mesmo em cima do apito para o intervalo aparecia finalmente o Valência, Dani Parejo a surgir na cara de Ter Stegen, mas não consegue ultrapassar o guarda-redes alemão que adivinhou as intenções do seu adversário e defendia o remate. O intervalo chegava logo de seguida com vantagem justa do Barcelona.

Segunda parte começa com uma excelente oportunidade para o Barcelona, jogada na esquerda de Neymar, faz uma finta, vem para dentro e remata forte, estava lá Diego Alves, na recarga Rakitic atira ao poste. Os homens da casa que como que acordassem após este lance, como se mudassem a noite para o dia, em 5 minutos dão a volta ao jogo.

Primeiro num excelente contra-ataque, coisa que nem na primeira parte só por uma vez conseguiram, com Dani Parejo a cruzar atrasado onde aparece o recém entrado El Haddadi, a rematar forte e rasteiro e a bola junto ao poste esquerdo, sem hipóteses para Ter Stegen que nem se fez ao lance, 1-1

.0_vkc0ol6h

De seguida, canto de Parejo na direita, defensiva visitante afasta o esférico, na segunda bola Enzo coloca de novo na área, onde aparece Rodrigo a rematar de primeira, num golo de belo efeito mais uma vez sem hipóteses de defesa estava feito o 2-1.

 622_5dba98c2-a16a-3c35-9cf1-397739d3fbc8

Que jogo de loucos assistíamos nesta altura, com ataque contra-ataque, jogo partido e espectacular para quem vê, o Barcelona chegava ao empate pouco depois, canto batido na esquerda por Messi, Rakitic salta mais alto dentro da área, grande defesa, mais uma, de Diego Alves, mas a bola a sobrar para Suárez que na recarga não vacila, 2-2.

a8708b44c31341ce50cdb98e3ce75726

Após o empate, as equipas voltaram a fase mais cerebral, o Barça voltava a ter mais bola e a tentar ganhar, o Valência defendia melhor, não permitia veleidades aos visitante e saia bem no contra-ataque. Numa dessas saídas, bem trabalhada por Dani Parejo, que solta o esférico na altura certa para Nani, que ganha a bola a Sergi Roberto, fica isolado mas atira ao lado, que perdida do internacional português a 5 minutos dos 90.

E quando tudo pensava que o jogo ia acabar empatado, no ultimo minuto de jogo, Abdennour comete grande penalidade, rasteira Suárez quando este se preparava para rematar. Na conversão do castigo máximo, Messi não tremeu perante Diego Alves, e fez o 2-3. A partida terminaria logo de seguida, vitória muito difícil do Barça, mas que no computo geral acaba por ser justa.

lionel-messi-barcelona-manchester-city-champions-league_1qmqb60a51pl41hrqvda4wnkmi

Melhor em campo: Diego Alves

diego-alves

Tinha que ser o guardião brasileiro, fez um punhado de excelentes defesas, bem podem agradecer os adeptos da casa ao seu guarda-redes senão tinha terminado bem mais cedo que o esperado, ficou um sabor amargo porque acaba derrotado na mesma mas fica na retina a sua excelente exibição.

 

201125555xpax4ad3 Ter Stegen, Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti, Digne, Busquets, André Gomes (Denis Suárez, 71min), Iniesta (cap.) (Rakitic, 14min), Neymar, Messi e Suaréz.

 

 

 

football-club-team-valencia Diego Alves, Montoya (El Haddadi, int.), Garay, Mangala, Gaya (Abdennour, 38min), Suarez, Enzo Pérez (cap.), Dani Parejo, João Cancelo, Nani e Rodrigo (Santi Mina, 71min).

Comentar