Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Clubes profissionais reuniram hoje em Coimbra

Clubes profissionais reuniram hoje em Coimbra

reuniao-liga-clubes-coimbraOs clubes que compõem os campeonatos profissionais (I e II Liga) estiveram hoje reunidos em Coimbra. O encontro teve como principal objectivo a discussão de algumas ideias apresentadas pelos “três grandes”, com vista à solução dos problemas que têm afetado a Liga de Clubes e, por conseguinte, a organização das competições profissionais.

Em Coimbra, os clubes fizeram-se representar quase todos eles pelos seus presidentes. Pelo FC Porto esteve presente Pinto da Costa, que chegou na companhia de António Salvador, presidente do SC Braga. Luís Felipe Vieira foi o embaixador do Benfica, ao passo que o Sporting fez-se representar pelo seu vice-presidente da área financeira, Carlos Vieira.

À chegada à reunião, alguns dos presentes falaram aos órgãos de comunicação social que estiveram a cobrir o evento. José Eduardo Simões, presidente da Académica, foi um deles, mostrando-se confiante na procura de soluções para o futebol português.

 “Julgo que poderá haver novidades que poderão levar ao consenso. Espero que saiam daqui soluções. A Liga não tem patrocinadores. É necessário uma solução que envolva todos os clubes”, alertou.

Tiago Ribeiro, presidente do Estoril, também fez algumas declarações. Para o dirigente da SAD “canarinha”, o ideal seria encontrar uma plataforma de entendimento entre todos os clubes, bem como uma solução para os problemas financeiros que afligem a Liga.

“Esperamos que hoje haja um início de consenso. Vamos ouvir as propostas dos três clubes e depois ter uma opinião. Ninguém deseja que a Federação Portuguesa de Futebol entre em ação, isso só deve acontecer se não houver outra solução. Vamos discutir estas ideias para que esse cenário negro não aconteça. Teremos de encontrar uma solução para a financiar. Tudo indica que não há dinheiro. Depois, a médio/longo prazo temos de encontrar forma de não ficarmos reféns do regime presidencialista, como estávamos”, disse Tiago Ribeiro aos jornalistas presentes.

Comentar