Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Depay, do pesadelo ao sonho

Depay, do pesadelo ao sonho

memphis-depay-widescreen
Memphis Depay, 22 anos, holandês, extremo esquerdo e internacional pelo seu país. Nada foi fácil nos primeiros tempos de vida para ele.
A história de Depay é interessante e incomum – era um filho problemático mas abençoado e com talento extraordinário. Filho de pai ganês e mãe holandesa, separaram-se quando tinha quatro anos de idade. Qualquer criança que tenha passado pelo mesmo conhece muito bem a dor emocional que Memphis sentiu. Ele que nasceu na cidade holandesa a sul do Moordrecht “uma pequena aldeia onde não há muito a fazer ” afirmou o próprio.
Como a maioria dos grandes jogadores de futebol, Depay começou a jogar futebol no clube da terra, o Sparta Rotterdam, mas devido ao seu enorme desejo de alcançar o sucesso como profissional viu-se obrigado a sair de Moordecht para o PSV Eindhoven quando tinha apenas 12 anos. O seu desejo era de ser um grande jogador e estava tão fixado nele quanto as suas tatuagens. São dezenas espalhadas pelo corpo, entre elas um tributo ao avô paterno que cuidou dele quando os pais se separam.
A ida de Memphis Depay para o Manchester United foi o seu primeiro grande ‘salto’. O Manchester United antecipou-se aos rivais, principalmente ao Liverpool, visto que a equipa de Manchester desembolsou cerca de 34 milhões de euros pela compra do jovem. Depay, na época transata, realizou 45 jogos, marcou 7 golos e fez 6 assistências. Antes de assinar pelo Manchester, ainda quando jogava no PSV,  disputou 124 jogos onde marcou 50 golos e assistiu por 29 vezes.
Com números tão satisfatórios, é difícil imaginar que Depay não vá longe no mundo futebolístico. Vamos esperar para ver se este ‘menino’ irá evoluir mais ainda ou não.

Comentar