Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

DFB Pokal – Munique 1860 de Vítor Pereira eliminada pelo Sportfreunde Lotte

Esta semana houve mais uma ronda da DFB Pokal. Houve um pouco de tudo, surpresas de taças e claro, Bayern a assumir o favoritismo frente a um Wolfsburg que não se intimidou em momento algum.
,
Futebol / DFB Pokal – Munique 1860 de Vítor Pereira eliminada pelo Sportfreunde Lotte

Fürth e Borussia Mönchengladbach defrotaram-se no Sportpark Thomas Sommer, numa partida que começou da pior maneira para a equipa da casa pois bastaram 12 minutos para o sueco Oscar Wendt fazer o gosto ao pé de uma forma fácil e simples com um remate colocado. Se as coisas já estavam difíceis o suficiente para o Fürth, aos 20 minutos passa a jogar com menos um elemento devido à expulsão direta de Pintér. Aos 36′, Thorgan Hazard marcou o 2-0 na conversão de uma grande penalidade.
Mais um jogo interessante desta ronda, a equipa comandada por Markus Gisdol recebeu e bateu o Colónia por duas bolas a zero num jogo que foi dividido até ao último quarto de hora, momento em que a equipa da casa marcou o segundo golo e resolveu assim a partida. Jung aos 5′ e Wood aos 75′ fizeram com que o Hamburgo passasse à próxima fase.

Eis o jogo de cartaz que esta ronda da DFB Pokal nos trouxe. Bayern Munique e Wolfsburg defrontaram-se no Allianz Arena em Munique para dar mais uma vez um espetáculo de futebol embora que com poucos golos. O Bayern de Munique sofreu para vencer o Wolfsburg, contudo lá saiu triunfal graças ao talento e sorte do brasileiro Douglas Costa, que fez o único golo do jogo que acabou por garantir a classificação.

Pouca história neste jogo. De um lado o Astoria que fez história ao chegar aos oitavos de final da taça, do outro um Bielefeld que queria continuar a mostrar serviço ainda que milite na segunda divisão alemã. Poucos remates e claro poucos golos, o primeiro surgiu aos 52′ pelo intermédio de Schutz que com um cabeceamento prefeito obrigou Jürgen Rennar a ir buscar a bola ao fundo das redes. A equipa do Astoria apostou no ataque nos últimos minutos, já sem nada para perder a equipa da casa empatou, Marcel Carl conseguiu empatar a partida numa das poucas oportunidades que a sua equipa teve. O Arminia Bielefeld venceu por 5 – 4 nos penaltis

Eis o jogo com mais golos da jornada, o Schalke deslocou-se até Sandhausen para golear a equipa da pequena cidade alemã por quatro bolas a uma. Com o seu típico 3-5-2, a equipa da Bundesliga marcou três golos num espaço de pouco mais de 8 minutos, Schopf, Caligiuri e Naldo marcaram aos 38′, 43′ e 45’+ respetivamente. Já na segunda parte, o avançado Andrew Wooten reduz para três a um, o que deu uma pequena réstia de confiança à equipa da casa, réstia essa que foi findada aos 71′ com um remate potente de Konoplyanka que fixou o placar final em 1-4 para o Schalke 04.

O ‘pequenino’ Lotte continua a causar grande impressão na taça. Após eliminar o Leverkusen na ronda anterior e Bremen nos 32 avos, desta feita foi o Munique 1860 (equipa comandada por Vítor Pereira)  por duas bolas a zero. Lindner e Freiberger foram os autores dos golos.

Reviravolta e apuramento, fácil e eficaz para o Eintracht Frankfurt. Após o golo do goleador de serviço do Hannover aos 57′, o Hannover parecia ter o jogo controlado contudo o Eintracht não desitiu, foi à luta e conseguiu empatar cinco minutos depois. Seferovic aos 66′ completou a reviravolta. Final épico no HDI-Arena, minuto 95′, grande penalidade para o Hannover que o guardião da equipa visitante defendeu de forma serena. 2-1 resultado final.

Para finalizar esta ronda da taça, o derrotado da final do ano passado recebeu e sofreu para bater o Hertha Berlin.

A equipa visitante até começou melhor, Kalou aos 27′ fez o primeiro golo do encontro. Já na segunda parte, logo a abrir, Marcos Reus empata a partida e relança o Dortmund no jogo. Foi mesmo necessário recorrer à marca de grandes penalidades para defenir o vencedor desta eliminatória.

 

Comentar