Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Director Desportivo por um dia: Nápoles, por Daniel Teixeira

Director Desportivo por um dia: Nápoles, por Daniel Teixeira

Napoli

Nápoles (3º classificado Serie A/ Vencedor da TIM Cup)

Nesta nova rubrica do Futebol Portugal, colocamo-nos na pele do Director Desportivo das principais equipas europeias, fazendo um balanço da actual temporada, e apresentando a nossa visão para a próxima época.

Nápoles: Manter o sonho vivo

Balanço da temporada

O Nápoles perdeu Cavani para o PSG, mas aproveitou o lucro para tentar atacar a Serie A nesta temporada que findou. Os Azurri, com Benitez ao comando, tinham Higuain, Callejon, Mertens, Albiol e Reina como novos nomes para tentar vencer o Scudetto que o presidente Aurelio De Laurentiis tanto quer. No que ao panorama nacional diz respeito o Nápoles terminou em 3º lugar na Serie A a 7 pontos do segundo (AS Roma) e acabou por vencer a TIM Cup, derrotando na final a Fiorentina por 1-3. Internacionalmente estavam no mesmo grupo que Arsenal e Dortmund na Champions League e acabaram por cair para a Europa League onde foram eliminados pelo FC Porto.

A época fica marcada pela conquista da Taça que trouxe alegria aos adeptos, mas não deve fazer com que a “missão Scudetto” seja esquecida pelo dirigentes. O Nápoles apesar de ter um bom ataque este ano pecou por alguma ineficiência a nível defensivo, factor que lhe custou muitos jogos nesta temporada e que os fez perder o comboio do título. Capaz do melhor e do pior, a equipa de Benitez precisa de equilíbrio para manter o sonho alcançável.

A figura que mais se destaca no Nápoles acaba por ser o “sucessor” de Cavani: Gonzalo Higuain. Contratado ao Real Madrid o argentino em 32 partidas em que participou ajudou a equipa com 17 golos e 7 assistências. Apesar de faltar um outro ponta de lança para ir alternando com o avançado de 26 anos, Higuain esteve bem em muitos momentos e com ele o Nápoles tem um artilheiro que pode decidir a qualquer momento.

A próxima época

Não se adivinha mais uma grande venda para o Nápoles poder mexer no mercado como tanto gostaria. Ainda assim é necessário retocar a defesa e trazer mais uma ou duas soluções que permitam a Benitez ter um plantel mais completo.

Apesar de não se prever saídas no Nápoles, deixo estes nomes:
Behrami: A chegada de Jorginho no mercado de Inverno colocou o suiço como opção no banco de suplentes. Fala-se do interesse do Dortmund e seria uma boa fonte de lucro para a equipa napolitana;
Pandev: O macedónio de 30 anos é hipótese para render Higuain em muitos casos, mas com o jovem Duvan Zapata a querer mostrar-se (e o facto de o Nápoles querer mais um goleador) pode abrir a porta à sua saída. Pandev marcou em 29 jogos 7 golos e fez 7 assistências.

Valor arrecadado com as vendas acima referidas: 30 milhões de euros*

No que a entradas diz respeito aponto estas possibilidades:
Regresso de Armero (West Ham): O colombiano esteve por empréstimo na Premier League e a meu ver era a opção perfeita para o lugar de defesa esquerdo e lutar pela titularidade com Ghoulam;
Koulibaly (Gent): Central franco-senegalês de 22 anos. Parece-me ser uma excelente hipótese para discutir a titularidade no centro da defesa e é uma aposta com futuro;
Gonalons (Lyon): Tem sido apontado ao clube napolitano e com a saída de Behrami a sua chegada podia ser uma mais valia. Apesar de Inler e Jorginho serem donos do lugar Gonalons é o tipo de jogador que Benitez gosta e que entraria bem na sua táctica.
Jackson Martinez (FC Porto): O interesse não é novo e muitos já falam em acordo definido a algum tempo. Seria a grande concorrência a Higuain, o reforço que Benitez tanto pediu.

Valor total das contratações acima referenciadas: 48,500,000 milhões de euros*

*Fonte para definição dos passes: http://www.transfermarkt.co.uk

napoli20142015

Nápoles 2014/2015 por Daniel Teixeira

Comentar