Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Entrevista a Alex Merlim – “A Liga Italiana é bem mais competitiva do que a Portuguesa”

Entrevista a Alex Merlim – “A Liga Italiana é bem mais competitiva do que a Portuguesa”

A Futebol Portugal esteve à conversa com o 'ala' do Sporting Clube de Portugal. Alex Merlim é um jogador Ítalo-brasileiro, tem 30 anos, e conta com uma variedade enorme de troféus na sua carreira, entre eles destacam-se o Euro de 2014 com a seleção italiana e os quatro títulos conquistados na época transata com o Sporting Clube de Portugal.

15174664_1152057278242453_937991526_n

FP: Merlim, antes de mais deixa-me agradecer-lhe em nome da Futebol Portugal por teres aceite a nossa entrevista!

Obrigado, eu é que agradeço a oportunidade.
FP: Merlim, como surgiu a tua paixão pelo futsal?

Quando eu era mais novo jogava futebol e futsal, não tive oportunidades de jogar futebol, como tinha uma bolsa de estudos num colégio particular para jogar futsal optei por jogar futsal.

FP: No ano passado assinaste pelo Sporting. O que é que o Sporting Clube de Portugal acrescentou na tua carreira?
O Sporting acrescentou muito à minha carreira. O Sporting é com certeza um dos melhores clubes da Europa e pelo que ofereceram a mim e minha família.
 FP: O que te levou a vir jogar para Portugal?
Na época anterior, o meu contrato estava a terminar com a Luparense da Itália e recebi uma boa oferta do Sporting, tal como já disse, gostei da ambição da equipa e como também queria novos objetivos na minha carreira, vim para Portugal. 
15218343_1152058571575657_1367037774_n

Merlim a festejar com Marcão um triunfo contra o rival, Benfica.

FP: Como analisas a Liga Portuguesa em comparação com a Liga Italiana?
Para ser sincero a Liga Italiana é bem mais competitiva. Por outro lado, desde da época passada em que cheguei até este ano, acho que o campeonato português melhorou muito.
FP: De onde vem a alcunha “Babalu”?
Desde pequeno que os meus amigos me chamam de Babalu, essa alcunha foi criada porque eu gostava muito de gomas que se chamavam Babalu.
FP: Sendo tu Ítalo-brasileiro, o que te levou a escolher representar a seleção Italiana?
Fui para a Itália muito novo, com cerca de 20 anos e desde muito cedo me naturalizei, quando recebi o convite de jogar pela seleção italiana não pensei duas vezes até mesmo porque eu saindo muito jovem do Brasil com certeza não receberia convite de jogar pela seleção brasileira.
FP: Já te imaginaste a jogar futebol 11?
Quando era adolescente imaginava-me a jogar futebol de 11, contudo, hoje em dia não me vejo a jogar porque já não pratico a modalidade há muito tempo, logo perdi todas as características do futebol de 11.
FP: Se te dessem a escolher ganhar um troféu pela seleção ou pelo clube, qual escolherias?
Escolheria os dois com certeza, porque tudo o que faço é para sair vencedor, já tive o privilégio de vencer com a seleção, algo que é  inexplicável mas tenho muita vontade de vencer uma competição a nível europeu com um clube, espero que possa ser já nesta época, visto que estamos a disputar a Uefa Futsal Cup.
15207986_1152061071575407_1078830732_n
FP: Um ídolo?
Um ídolo? Ronaldo, o fenômeno.
FP: Qual foi a pessoa que mais te marcou até ao momento?
Minha esposa, pela nossa história e pela família maravilhosa que Deus nos concedeu e claro, os meus dois filhos preciosos.
FP: Expectativas para esta época?
Lutar para vencer tudo o que estamos disputando.
FP: Em nome da Futebol Portugal, queria agradecer-te e desejar-te muito sucesso a nível nacional e internacional.
Eu é que agradeço.

Comentar