Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Entrevista a Leonel Antunes – “A única equipa em Andorra que possui uma claque é o FC Lusitanos”

,
Futebol / Entrevista a Leonel Antunes – “A única equipa em Andorra que possui uma claque é o FC Lusitanos”

Andorra, um país com pouco mais de 75 mil habitantes, o futebol é o desporto eleito por uma pequena parte da população mas a tendência e a paixão pelo futebol cresce a cada dia que passa, num país que recebe muitos dos emigrantes portugueses há um clube maioritariamente composto por portugueses, o Futebol Clube Lusitanos.
 
O FC Lusitanos foi fundado em 1999 por portugueses. A identificação com Portugal é nítida no escudo, nos uniformes e no nome da equipa. A maior parte do plantel é composta por portugueses. mas alguns andorranos de origem lusa também fazem parte da equipa. A Futebol Portugal tem como objetivo dar a divulgar o trabalho dos portugueses lá fora, por esse mesmo motivo a Futebol Portugal esteve à conversa com um ‘pilar’ da defesa do clube, Leonel Antunes. 
Football club Lusitanos crest.png

Leonel, desde muito cedo que jogas futebol, de onde surgiu a paixão pelo futebol?

O meu interesse no futebol surgiu através de um amigo que me levou um dia treinar com ele, desde então não o interesse não tem faltado desde os 5 anos.

Primeiro o Club Athlétique de Paris, depois o Gil Vicente e  várias equipas de Braga e da tua terra natal, Viana do Castelo, qual das equipas relembras com maior carinho e porquê?

A equipa que tenho mais guardo carinho é a primeira, o CA Paris pois foi a equipa que me fez descobrir o futebol de alta competição e onde tambem conheci a noção de espírito de equipa e sobretudo tambem porque foi onde experimentei pela primeira vez a alegria de marcar um golo.

Em 2006 começa a tua maior aventura, do modesto Darquense da Associação de Futebol de Viana do Castelo para Andorra. O que te levou a fazeres esta mudança radical na tua vida?

Fui para Andorra numa fase em que muitos clubes em Portugal passavam pela “crise” e nao cumpriam com os contratos dos atletas. O facto de querer algo mais da minha vida levou-me a emigrar para Andorra. A ideia inicial, era vir (para Andorra) por questões de trabalho mas deu-se a coincidência que um jogador do FC Lusitanos já ter ouvido falar da minha trajetória futebolistica e que conhecia alguém que tinha jogado comigo e lhe disse que eu vinha para Andorra. Fica para a historia, que mal cheguei, ainda a tirar as mala do carro, cruzei-me com essa pessoa, e na mesma tarde fui fazer o meu primeiro treino com o FC Lusitanos. Que me devolveu a ilusão pelo futebol.

Qual é a maior diferença entre o futebol praticado em Portugal e o que é praticado em Andorra?
Se estivessemos a falar de à 10 anos atrás (quando eu aqui cheguei), o futebol andorrano seria muito inferior a nivel tático e técnico em relação ao futebol português. No entanto, a evolução do futebol andorrano tem sido tremenda. Hoje em dia no meu ponto de vista, essas diferenças que em tempos anteriores eram abismais, têm vindo a dissipar-se. Na minha humilde opinião, a primeira divisão de Andorra nao se compara à Liga NOS, mas sim, com Segunda Liga.
 Em Andorra o futebol é vivido tão intensamente como em Portugal?
Não, de forma nenhuma…. A única equipa que possui uma claque é o FC Lusitanos e em grande parte devido a conexão que os emigrantes portugueses sentem em cima do nosso escudo
Sentes carinho especial por jogar num país onde há muitos emigrantes portugueses? Eles dão-te apoio necessário?
Sempre! Em muitas ocasiões sinto que represento uma parte do meu país.
Dado o facto que já estás em Andorra há mais de 10 anos, alguma vez ponderaste representar a seleção de Andorra?
Há 2 maneiras de obter a nacionalidade Andorrana: ou casar com uma andorrana, estar à 20 anos no pais. Pouco tempo depois de chegar perguntaram-me se não estava casada com uma andorrana de modo a poder trocar a minha nacionalidade e jogar assim na seleçao…Felizmente a minha esposa é mais portuguesa que eu!!!
Atualmente o Lusitanos está na terceira posição da Liga Andorrenha, achas que ainda há hipóteses de se sagrarem campeões nacionais?
Claro que sim, sabendo que a diferença da primeira posição é de 5 pontos e ainda há 13 jogos por disputar ou seja ainda estão 39 pontos em jogo, temos equipa mais que suficiente para o conseguir.
Qual foi o teu melhor momento na carreira futebolística?
Na verdade até houve muitos, mas há três que se destacam. O primeiro foi vencer o campeonato andorrano com o FC Lusitanos pela primeira vez na história do clube em 2012. Os dois restantes foram defrontar com os FC Lusitanos o West Ham United em Londres para Europa League diante 35000 espectadores e defrontar o Fc Basileia da Suiça também para Liga Europa com o FC Santa Coloma diante 33000 pessoas.
E em sentido inverso, qual foi o pior momento da tua carreira?
O pior sem dúvida foi quando o Gil Vicente me cedeu a titulo de empréstimo e depois de forma definitiva ao Limianos de Ponte de Lima na altura na 3 divisão nacional, foi muito duro quando tens 18 anos e cheio de sonhos na cabeça e vês que tudo se desmorona a tua frente.
Sentes falta de Portugal? Se tivesses uma proposta de uma equipa portuguesa aceitarias regressar?
Falta de portugal sinto, com é obvio. Relativamente à possibilidade de voltar a jogar em portugal acho que a minha idade ja não acompanha a minha vontade, por outro lado duvido muito que qualquer outra equipa me dê o que eu aqui tenho.

Comentar