Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / FC Porto vence em Tondela com Casillas em destaque

FC Porto vence em Tondela com Casillas em destaque

portotondela

O FC Porto venceu em Tondela por 1-0 com golo de Brahimi mas o destaque vai também para o seu guarda-redes Iker Casillas que defendeu uma grande penalidade perto do final da partida.

O Tondela iniciou o jogo com a cabeça erguida, jogando de igual para igual frente ao vice-campeão nacional. Apostando naturalmente nas jogadas rápidas, a equipa da casa deu trabalho à defensiva azul e branca.

Mas aos 28 minutos o mágico argelino Brahimi tirou “um coelho da cartola”. Recebeu a bola na direita do ataque, fletiu para o centro e rematou num excelente arco fazendo a bola entrar no ângulo superior da baliza de Cláudio Ramos. 0-1 no marcador e o segundo golo no campeonato para Yacine Brahimi.

Pouco depois do golo, o árbitro Manuel Mota expulsou o treinador do FC Porto Julen Lopetegui por protestos. A decisão pareceu errada, pois parece que o técnico basto estava a dar indicações a André André no momento em que o árbitro considerou que se excedeu em protestos.

A primeira parte terminou sem grandes novidades e a segunda começou com controlo da equipa portista, embora sem grandes lances de perigo junto da área do Tondela. Só aos 82 minutos houve novidades. Maicon, regressado após 2 meses de lesão, cometeu grande penalidade sobre Murillo mas Chamorro desperdiçou da marca dos 11 metros, com mérito para Casillas que adivinhou o lado para que a bola foi enviada.

Sem que o Tondela conseguisse criar mais ocasiões de golo, os dragões seguraram a vantagem e levam os 3 pontos para a Invicta, aumentando a pressão para o líder Sporting que joga na segunda-feira com o Belenenses. O Tondela mantém a lanterna vermelha da Liga NOS, com apenas 5 pontos conquistados.

O FC Porto surgiu com Bueno no onze em detrimento de Tello e Herrera regressou ao miolo. Lopetegui fez a equipa alinhar com:

Casillas; Maxi Pereira, Martins Indi, Marcano (Rúben Neves, 68′) e Layun; Danilo, André André e Herrera; Brahimi (Maicon, 77′), Bueno (Tello 56′) e Aboubakar.

O Tondela de Rui Bento jogou com:

Cláudio Ramos; Edu Borges (Jhon Murillo, 73′), Bruno Nascimento, Kaká e Dolly Menga; Lucas Souza, Hélder Tavares (Piojo, 73′) e Guzzo; Oto’o Zue, Romário Baldé e Nathan Junior (Chamorro, 74′).

Comentar