Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Jorge Jesus – As principais culpas foram atribuídas à “outra equipa”.

Jorge Jesus – As principais culpas foram atribuídas à “outra equipa”.

Numa entrevista onde se procuravam soluções às perguntas dos adeptos, as principais respostas foram as de sempre: a arbitragem.

Jorge Jesus falou para a SportingTV, numa entrevista dirigida aos adeptos.

É um facto que a formação de Jorge Jesus tem vindo a passar um mau momento. Neste momento actuam, formalmente, apenas para o campeonato. Mas serão ainda candidatos ao título? Como o próprio treinador disse no fim do jogo Marítimo – Sporting, o clube já não luta pelo título.

Nesta entrevista, Jorge Jesus corrigiu as suas palavras e considera que este momento poderá ser ultrapassado se o colectivo se unir. Nega, portanto, que a “toalha tenha sido mandada ao chão” e encara a disputa do título da mesma forma, jogo a jogo. A nível pessoal, continua a ter a ambição de ganhar um campeonato com o leão ao peito.

O técnico do Sporting Clube de Portugal, considera que a ida à Luz foi o ponto de viragem na caminhada dos leões. Alienou a sua culpa e considerou que o Sporting teria sido colocado, passivamente, nesta pontuação. Sem grandes novidades, a arbitragem foi o principal motivo apontado para esta fase menos boa. Como solução, Jorge Jesus apoia Bruno de Carvalho e considera a introdução do vídeo árbitro.

O treinador recordou ainda a época passada como um momento em que foram alcançados grandes feitos: a pontuação final muito elevada e o facto de apenas terem perdido dois jogos para o campeonato, ainda que estes feitos não fossem o suficiente para alcançar o primeiro lugar. Considerou que grande parte do sucesso conseguido na época passada deveu-se ao coração muito forte da equipa, formado por William, João Mário e Adrien Silva.

Para conforto de uns e desagrado de outros, o técnico leonino confessou que não abandona projectos a meio e, portanto, os sucessivos maus resultados não o farão sair do clube.

Quanto à sua relação com o Bruno de Carvalho, confessa que têm tido uma relação de trabalho em equipa, partilham as mesmas ideias e são ambos apaixonados pelo clube. Apontou que qualquer tipo de notícia que relata o afastamento de ambos, são apenas estratégias para tentar abalar a equipa e desvalorizar o presidente.

O falado emagrecimento do plantel será equilibrado, segundo Jorge Jesus, com alguns regressos de jogadores emprestados. Jesus, conhecido por não apostar na formação, confessou que, para além de Palhinha, irão regressar mais dois jovens da formação. Disse que o importante está no valor do jogador em si e espera, na próxima época, vir a inserir novos jogadores da formação num compromisso colectivo.

Como mensagem final, pede que os sportinguistas continuassem unidos. “Eu acredito muito naquilo que faco, nos meus jogadores mas só conseguimos sair daqui se estivermos todos juntos.”

Comentar