Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Liga Zon Sagres: Marítimo vence em Aveiro

Liga Zon Sagres: Marítimo vence em Aveiro

O Marítimo voltou a vencer em Aveiro (já o tinha feito em outubro, aquando da 3ª eliminatória da Taça de Portugal) e, com os três pontos hoje alcançados (vitória por 1-2) ascende, à condição, ao quarto posto da classificação, ultrapassando o Sporting, e reforçando a sua candidatura às competições europeias para a próxima temporada.

Frente-a-frente estavam, em partida da 16ª jornada da Liga Zon Sagres, o Beira-Mar (a par do Benfica, detinha a segunda melhor defesa do campeonato com 12 golos sofridos) que tinha como grandes ausentes para a partida desta noite o guarda-redes Rui Rego (devido a lesão), o central Hugo e o médio Nildo (ambos castigados) para além da ausência de Balboa (presente na CAN ao serviço da Guiné Equatorial, pela qual marcou o único golo do jogo de abertura da competição) e, do lado do Marítimo o grande destaque vai para a ausência do avançado Babá e para a possibilidade, em caso de vitória, de ascensão ao quarto posto da classificação geral por troca com o Sporting.

Começou melhor o Beira-Mar que, logo aos dois minutos desperdiça uma excelente oportunidade, na sequência de um livre indireto batido na direita do ataque aveirense, com Élio a cabecear para uma enorme defesa de Peçanha. Na sequência do canto que se seguiu, é Briguel que, em cima da linha de golo, com Peçanha já batido, evita um golo certo de Douglas, mantendo o zero a zero no marcador.

Respondeu o Marítimo aos 18 minutos da partida e, privados do goleador da equipa (o senegalês Babá que foi apresentado, embora, segundo os dirigentes madeirenses, à revelia do Marítimo, nos espanhóis do Sevilha), coube ao guineense Sami inaugurar o marcador respondendo, ao segundo poste e sem marcação, a um cruzamento de Rafael Miranda. O Marítimo, aproveitando esta vantagem, cresceu um pouco na partida e, aos 22′, na sequência de um pontapé de canto, Pouga atira à trave, falhando o 0-2 que seria um castigo demasiado para a equipa local que, até ao intervalo não mais conseguiu criar lances de perigo.

Chegou a segunda parte e o momento do jogo: Danilo Dias (na imagem) recebe a bola ainda bem longe da baliza adversária e com um grande remate, aproveitando o adiantamento do guarda-redes adversário, faz o 0-2, colocando a equipa da casa em dificuldades para recuperar.

Só aos 79′ a equipa da casa conseguiria reduzir a diferença no marcador com o chinês Zhang a cruzar da esquerda do seu ataque e a bola a entrar na baliza de Peçanha que foi iludido pelo movimento de Douglas que se faz à bola, não lhe chegando a tocar. O Beira-Mar reduzia mas seria incapaz de alcançar a igualdade, pelo que mantém os seus 16 pontos que, apesar da aparente tranquilidade que lhe possa dar o 10º lugar na classificação, apenas tem 2 pontos de vantagem sobre o 15º que é agora o Vitória de Setúbal.

Comentar