Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Premier League: “Red Devils” cada vez mais perto do título com ajuda do Arsenal

Premier League: “Red Devils” cada vez mais perto do título com ajuda do Arsenal

Em Domingo de Páscoa as amêndoas do Manchester United não podiam ter sido melhores. A seis jornadas do fim, o Manchester United recebeu e venceu o Queens Park Rangers por 2-0 e voltou a mostrar que o primeiro lugar é para manter até ao fim. Depois de ver mais de metade da temporada o Manchester City em primeiro lugar, o Manchester United mal alcançou o desejado topo da tabela não mais o largou, inclusive vem jornada a jornada ganhando vantagem e deixando a equipa milionária de Roberto Mancini cada vez mais longe do objectivo principal da época: ser campeão inglês.

Manchester United 2 – 0 Queens Park Rangers

Mas vamos ao jogo em Old Trafford. A jogar em casa e frente ao décimo sexto classificado Queens Park Rangers o Manchester United não teve grandes dificuldades em ultrapassar a equipa londrina. Com a maior parte do jogo controlado foram raras as vezes em que os avançados forasteiros conseguiram assustar David De Gea. Por outro lado e motivados pela posição que ocupam, os Red Devils não deram grandes espaços aos londrinos e minuto após minuto criavam situações de perigo e aos 15 minutos o inevitável Wayne Rooney abriu o marcador com um remate certeiro na conversão de uma grande penalidade. Com o decorrer do jogo não se adivinhava resposta dos londrinos e, se o intervalo serve para motivar e refrescar, a segunda parte do Queens Park Rangers foi tão pobre como a primeira. Com alguma naturalidade e a controlar o jogo o Manchester United chegou ao segundo golo pelo veterano Paul Scholes com um remate à entrada da área sem hipótese de defesa para o guarde-redes Patrick Kenny. 2-0 no marcador e mais um passo rumo ao título da Premier League. Com o final do encontro as atençoes centraram-se no Emirates Stadium onde o Arsenal recebia o Manchester City.

Arsenal 1 – 0 Manchester City

Num jogo marcado pelas recentes declarações de Roberto Mancini, dizendo que desistia do título se os citizens não conseguissem pontuar em casa do Arsenal, o Manchester City entrou em campo com a pressão da vitória do Manchester United sobre o Queens Park Rangers e desde cedo se notou a pressão nos jogadores. A jogar em casa e a 13 pontos dos comandados de Macini, o Arsenal mostrou que queria ganhar e se o segundo lugar é quase impossível alcançar, existem apenas 18 pontos em jogo até ao final do campeonato, a equipa de Arséne Wenger quis mostrar que, apesar das más prestações a nível interno e externo, é uma equipa a ter em conta na próxima época. Num jogo muito equilibrado de parte a parte e por vezes bastante duro foi ao Arsenal que sorriu o “coelho da Páscoa” e a poucos minutos do final do encontro o Australiano Mikel Arteta fez um grande golo com um remate colocado ao canto inferior direito da baliza de Joe Hart, sem hipótese para o guardião inglês. Antes do final do encontro ainda houve tempo para mais um episódio do mau perder de Mario Balotelli que viu o vermelho directo depois de uma entrada sobre o defesa do Arsenal Bakary Sagna.

Com os dois resultados conjugados, a vitória do Manchester United e a derrota de Manchester City, os comandados de Sir Alex Ferguson estão cada vez mais perto do título da Premier League estando neste momento com oito pontos de vantagem sobre os citizens com apenas seis jornadas para o final do campeonato. Quanto ao Arsenal ficou mais perto do segundo lugar estando agora a 10 pontos do Manchester City.

Comentar