Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Queda de campeão?

,
Futebol / Queda de campeão?

Soam os sinos de alarme em Leicester. Terá Claudio Ranieri um plano B para a sua equipa?

De qualquer maneira, uma descida de divisão pela parte do Leicester agora representaria uma catástrofe de um significado completamente diferente. Se os foxes se tornarem apenas o segundo clube inglês da história a ficarem despromovidos como campeões da Premier League, a queda será ouvida um pouco por todo o mundo.

Leicester é história única? Como é possível uma modesta equipa inglesa subir ao escalão máximo de Inglaterra, vencê-lo e na época seguinte descer? Muitos dos campeões ingleses sofreram rápidas e dolorosas quedas. Por exemplo, o Portsmouth ganhou títulos da liga em 1949 e 1950, e estava na terceira divisão dez anos depois. O condado de Derby embarcou numa viagem semelhante, campeões em 1975, e em 1984 lutavam para não descer mas desta feita na terceira divisão inglesa. Blackburn Rovers foi despromovido apenas quatro temporadas depois de ganhar a Premier League 1994-95.

Ipswich quase foi despromovido em 62/63. É discutível que a equipa na altura liderada por Alf Ramsey foi batida para fora da taça visto que foram rapidamente goleados na final de 1962 por Bill Nicholson e seu super poderoso Tottenham Hotspur por 5 bolas a uma.

Esse 5-1 foi a primeira saída em falso como campeões de Inglaterra, e de facto, naquela mesma época a equipa de Ramsey sobreviveu mas acabou por ‘cair’ para a segunda divisão um ano mais tarde, desta feita sobre o comando de Jackie Milburn após ter sofrido várias goleadas com números bem expressivos, goleadas de 7-2, 7-1 e 10-1 ao longo dos anos a humilhação da Shield Charity e a despromoção da Liga cresceu.

William Ralph “Dixie” Dean

Até o Everton lutou pela sobrevivência um ano após os famosos 60 golos de William Ralph “Dixie” Dean que garantiram o título de 1927-28. Dois anos depois o Everton regressam à Primeira Liga e voltam a ser campeões novamente com novamente Dean a ser destacado pelos melhores motivos, desta feita foram marcados 45 golos.

Tudo isto é fácil de escrever quando a equipa que vive este momento difícil não é a nossa, é claro. Os torcedores de Leicester – mais a maioria dos neutros em todo o país – estarão a rezar constantemente para que a equipa de Ranieri recupere uma pequena perspectiva histórica, para se recompor, e com o pânico do lado de fora dos foxes, facilidade longe da zona de queda. Uma passagem histórica à Liga dos Campeões e na época seguinte a segunda liga. Um legado impossível de igualar ou de manchar.

Let’s go foxes! 

 

 

Comentar