Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Sporting regressa a casa e às vitórias

Sporting regressa a casa e às vitórias

 

O Sporting recebeu e bateu hoje o Paços de Ferreira por quatro bolas a duas, primeira vitória desde dia 8 de Janeiro para a formação de Jorge Jesus.

Numa primeira parte de sentido único, a turma de Alvalade consegue chegar a vantagem no minuto 13 a partir de uma grande penalidade assinalada aos Castores por puxão sobre Adrien Silva. Adrien não falhou e colocou o Sporting em vantagem no marcador.

O Paços de Ferreira procurou ameaçar a baliza leonina em contragolpes rápidos, mas a formação de Jorge Jesus chega ao dois a zero à passagem do minuto 32 numa jogada muito bem orquestrada, com Alan Ruiz a fazer um passe soberbo para Ezequiel Schelotto que cruza e isola o suspeito do costume Bas Dost, que aumentava a vantagem dos Leões e também o seu número de golos para 15 na Liga Portuguesa.

Partida que começava a apresentar um sentido único, quatro minutos após o dois a zero do Sporting, chega o terceiro golo da formação Leonina com William Carvalho a isolar Gelson Martins com um passe em profundidade, este que passa a bola por cima de Defendi, guarda-redes dos Castores, e de baliza aberta coloca o Sporting a ganhar por três bolas a zero. O grande lance de perigo por parte do Paços, tem origem num livre direto perto da área dos verdes e brancos, um bom remate de Pedrinho obriga Rui Patrício a uma enorme defesa que envia assim as duas equipas para o intervalo, com o resultado de três bolas a zero a favor da equipa local.

Reata-se a segunda metade da partida, e sobe no jogo a equipa de Vasco Seabra. À passagem do minuto 50, numa jogada rápida pelo corredor esquerdo do ataque pacense, Christian coloca a bola na área e Welthon bate Rui Patrício e coloca o marcador em três bolas a uma. Chegando agora aos últimos 15 minutos da partida, o Paços volta a marcar, desta vez golo que se origina numa bola parada. Canto batido do lado direito da defesa leonina, o capitão Marco Baixinho desvia a bola e permite a Welthon voltar a marcar e a reduzir ainda mais a diferença entre as duas equipas.

Apenas três minutos após o golo da formação pacense, o Sporting volta a faturar e quem poderia ser? Bas Dost, o melhor marcador do campeonato e da formação verde e branca que aproveita um mau alívio de Defendi e devolve a calma à equipa local.

Final da partida, o Sporting retorna as vitórias e onde melhor para o fazer que no seu próprio terreno, Bas Dost volta a estar em destaque no ataque leonino com dois golos, levando já 16 na Liga Portuguesa.

Comentar