Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Futebol / Vitor Pereira: “Não concebo que alguém que aufere 40 mil euros anuais nesta actividade se considere amador”

Vitor Pereira: “Não concebo que alguém que aufere 40 mil euros anuais nesta actividade se considere amador”

Durante o VII Congresso Internacional de Futebol, organizado pelo Instituto Superior da Maia, a discussão sobre o profissionalismo dominou a palestra de Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga que analisou a questão do ponto de vista sociológico:

“Os árbitros são já profissionais. Pelo menos, os árbitros de topo, pois não concebo que alguém que aufere 40 mil euros anuais nesta actividade se considere amador, um valor acima dos patamares de alguns dos praticantes das competições de topo. Não tive contactos com o Sporting. Todos os contributos que visem a melhoria do futebol e da arbitragem é bem-vindo. Como árbitro, tive a felicidade de apitar uma final da Taça UEFA, na minha despedida dos jogos internacionais. Foi um ponto alto da minha carreira. Portugal já ganhou pela presença de duas equipas na final. Que seja uma grande festa, que publicitemos a qualidade do nosso futebol, de excelentes protagonistas e treinadores que temos. A política seguida pela UEFA deverá determinar um árbitro estrangeiro, possivelmente de Itália ou Norte da Europa. No final farei um balanço tranquilo. As provas ainda não terminaram e há jogos importantes que vão decidir muita coisa. Acredito que os árbitros estejam à altura das expectativas e responsabilidades. Aliás, todos eles dão sempre o seu melhor. A eficácia dos seus desempenhos é que deriva de vários factores, à semelhança do que sucede com jogadores e treinadores”, afirmou.

Comentar