Register  /  Login

O Blog do Futebol em Portugal

Vitória SC vs Benfica – Ano novo, velhos costumes

O Benfica venceu o Vitória Sport Clube, por duas bolas a zero com dois golos de Gonçalo Guedes, e garantiu o apuramento para a 'final four' da Taça CTT. Nas meias-finais, a equipa de Rui Vitória vai ter pela frente o Moreirense.
,
Futebol / Vitória SC vs Benfica – Ano novo, velhos costumes

V. Guimarães e Benfica disputaram no Estádio D. Afonso Henriques hoje o acesso à ‘final-four’ da Taça CTT. As águias tinham como objetivo seguir em frente pela 9.ª vez consecutiva – em todo o historial da prova, só na primeira edição (2007/08) tinham ficado pelo caminho antes da fase final, na altura disputada com uma fase de grupos, onde os dois primeiros seguiam para a disputa do troféu. Do outro lado, o Vitória apenas numa ocasião chegou às meias-finais, tendo então caído precisamente aos pés do Benfica (2-1, no Estádio da Luz, a 4 de fevereiro de 2009).

Relativamente ao jogo do último sábado, precisamente com o V. Guimarães, Rui Vitória realizou sete alterações: saíram Ederson, Luisão, Lindelöf, Fejsa, Salvio, Jonas e Mitroglou e entraram Júlio César, Lisandro López, Jardel, Samaris, Carrillo, Rafa e Gonçalo Guedes para os respetivos lugares. Por sua vez, a equipa de Pedro Martins atuou com Miguel Silva, Bruno Gaspar, Prince, Pedro Henrique, Rúben Ferreira, João Pedro, Zungu, Bernard, Raphinha, Xande Silva e Soares.

Com a passagem à próxima fase em aberto, o jogo até começou bem para a equipa vimaranense, Soares esteve muito perto do golo. O avançado do V. Guimarães falhou o cabeceamento à boca da baliza por milímetros.

Primeiros dez minutos de jogo com um ritmo altíssimo. Rafa entra na grande área vimaranense e é derrubado por Zungu, grande penalidade assinalada por Carlos Xistra que Pizzi desperdiçou, Miguel Silva adivinhou o lado para onde o internacional português rematou.

Aos 35′ minutos, excelente trabalho de Carrillo pela direita, a dar para Pizzi. O português coloca a bola em Nélson Semedo, que cruza atrasado para Gonçalo Guedes atirar rasteiro e de forma certeira. O V. Guimarães terá de operar a reviravolta para seguir em frente, algo que não conseguiu, pois 5 minutos depois, novamente Guedes, assistência de Carrillo, que correu pela direita e ofereceu o golo ao atacante.

Após este golo, cenas lamentáveis numa das bancadas do Estádio D. Afonso Henriques. Os adeptos do V. Guimarães não gostaram de um gesto de Nélson Semedo e arremessaram cadeiras para o relvado.

Carlos Xistra apitou para o intervalo no V. Guimarães-Benfica… e instalou-se novamente confusão no relvado. Flávio Meireles, diretor-desportivo dos vimaranenses, foi pedir explicações a Nélson Semedo pelo gesto do lateral a mandar calar os adeptos da casa e acabou por receber um ‘chega para lá’ de Ederson. O ambiente aqueceu ainda mais e começaram a juntar-se cada vez mais elementos dos dois lados, com Minervino Pietra a intervir e a empurrar Meireles.

Na segunda parte, ânimos mais calmos com um Vitória mais solto com o objetivo de ainda sonhar com um reviravolta e passar à próxima fase, mas não passou disso.

O Benfica passou assim hoje o acesso à ‘final-four’ da Taça da Liga, agora Taça CTT, pela 9.ª vez consecutiva. Nas meias-finais, a equipa de Rui Vitória vai ter pela frente o Moreirense, no Algarve.

 

Comentar